Mulheres lutam por maior representação no País

Plenário da Câmara dos Deputados

Durante a votação da Reforma Política, na Câmara dos Deputados, a Bancada Feminina perdeu por apenas quinze votos a disputa por uma maior participação das mulheres no cenário político nacional. Elas defendiam a uma Emenda à Constituição para que na composição das cadeiras nas Câmaras federal, estadual, municipal e do Distrito Federal, uma cota de dez por cento fosse reservada às mulheres. A reivindicação partiu de emenda apresentada pela Deputada Elcione Barbalho representando a bancada feminina e o PMDB Mulher. A proposta acabou sendo rejeitada no Plenário, mas, a forte mobilização das mulheres desencadeou a aprovação de outra proposta no Senado. Lá, a proposição prevê uma cota de dez, doze e dezesseis por cento das cadeiras nos legislativos municipal, estadual e federal. “Durante mais de trinta anos de vida pública o que vivenciei foi uma corrida injusta e desigual, mesmo com uma Lei determinando a participação feminina no processo eleitoral, queremos igualdade de oportunidades”, disse a Procuradora.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *